Entre aplicativos, hotéis e calor humano

autor Vitória Colvara

Postado em 09/07/2018 15:38:17 - 15:28:00


Hostels em Portugal, que tem os melhores ambientes do gênero do mundo/Divulgação

A repaginada nas antigas hospedagens, com direito a amizade entre hóspedes e anfitriões

A cada dia que passa convenço-me ainda mais de que nada é, tudo está. E nesse fluxo contínuo temos a falsa impressão de estarmos criando algo novo, uma invenção.

Imagina o quão importante se sentiu a pessoa que inventou os hotéis e colocou em prática tal ideia?? Partiu-se dos pousos, estadias e pousadas. Ora, até mesmo Jesus Cristo precisou de uma pausa na estrada.

Acontece que passados alguns muitos anos, eis que estamos em plena era digital nos sentindo ultra evoluídos e superiores aos nossos avós. Tal evolução nos trouxe aplicativos como o AirBnb e Couchsurfing que nada mais são do que uma repaginada nas antigas hospedagens, com direito a amizade entre hóspedes e anfitriões e um digno café da manhã.

As redes hoteleiras já demonstram preocupação em relação a esse novo modelo de viajante que prefere uma colcha de retalhos à impessoalidade das camareiras e dos lençóis brancos.

O governo também já ativou suas antenas e pretende aplicar tributos aos modernos hospedeiros.

Prevejo uma discussão calorosa, não tanto quanto a que houve para implementação do Uber, pois os hotéis - enquanto pessoas jurídicas e não físicas - se privam de fortes emoções. E da possibilidade irracional de jogar pedras na janela do coleguinha apenas por uma questão de concorrência, que para alguns é chamada de desleal, haja vista que os novos anfitriões não dispõe de uma folha de pagamento de pessoal e toda uma estrutura mecanicista de funcionamento.

A revolução tecnológica, por mais paradoxal que possa parecer, tem demonstrado o quanto preferimos o calor humano, a reciprocidade, o afeto e a atenção.

Quartos compartilhados em hostels (NR - acomodação mais econômica com experiência social compartilhada) nunca foram tão procurados pelos turistas. Tanto pelo preço quanto pela experiência e possibilidade de conhecer pessoas. Aos que nunca experimentaram, eu super recomendo!

Como já dizia o poeta: "viajar é mudar a roupa da alma". Mude. Abra mão dos hotéis caros e iguais e permita-se.


Presidenciável Ciro Gomes chega na convenção do PDT
Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +