Deputados recuam da manobra de esvaziar a Lava Jato

autor Misto Brasília

Postado em 19/06/2018 10:52:33 - 10:45:00


Deputado Paulo Pimenta é o autor da CPI para atacar a Lava Jato/Arquivo/Agência Câmara

Criação de uma CPI na Câmara tem o propósito de caça às bruxas contra os investigadores

Começa a fazer água a manobra do PT e do MDB para criar a CPI da Laja Jato, num claro objetivo de atacar e esvaziar as investigações contra a corrupção. Dos 190 deputados que assinaram o pedido de criação formulado pelo deputado petista Paulo Pimenta (RS), muitos começaram a retirar os nomes após a revelação da lista ontem (18).

Na lista de nomes (veja abaixo) há parlamentares de 19 partidos, e grande parte das assinaturas é registrada pela oposição - PCdoB, PDT, PT, Rede e PSol. Acuados pela repercussão negativa, um dos que assinaram a proposta, o deputado Moses Rodrigues (MDB-CE), retirou sua assinatura.

Em nota, a sua assessoria de imprensa informa que "a coleta de assinaturas da matéria em questão foi realizada durante atividade legislativa, e o que objeto é diferente do informado". Outro que disse que foi enganado foi Evair de Melo (PP-ES). Rogério Rosso (PSD-DF) disse que também retirou a assinatura. O deputado Rubens Bueno (PP-PR) disse que se fosse criada a CPI, iria defender a Lava Jato.

       


Presidenciável Ciro Gomes chega na convenção do PDT
Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +