Presidente da Audi é preso no escândalo que envolve montadoras

autor Misto Brasília

Postado em 18/06/2018 09:23:33 - 09:18:00


Rupert Stadler é o representante da Audi que foi preso nesta manhã na Alemanha/Arquivo/DW

Ele é acusado de fraude e falsificação de documentos para adulteração das emissões de gases

O presidente da automobilística Audi, Rupert Stadler, foi preso nesta segunda-feira (18) em meio às investigações sobre o escândalo da manipulação das emissões de veículos a diesel do grupo Volkswagen, do qual a Audi faz parte.

A prisão ocorreu uma semana após os promotores de Munique realizarem buscas na residência de Stadler. Ele é acusado de fraude e falsificação de documentos que permitiram que veículos a diesel equipados com dispositivos de adulteração dos dados das emissões de gases poluentes fossem comercializados no mercado europeu. A promotoria afirmou que a prisão foi necessária para evitar "risco de ocultação de provas".

A Audi confirmou a prisão de Stadler sem fornecer maiores detalhes, afirmando apenas que "a presunção de inocência continua a ser aplicada" no caso do chefe da empresa. Um total de 20 funcionários da automobilística são suspeitos de envolvimento no escândalo. (Da DW)


Presidenciável Ciro Gomes chega na convenção do PDT
Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +