Emenda poderia determinar perdas de R$ 1 bilhão ao Distrito Federal

autor Misto Brasília

Postado em 13/06/2018 20:30:14 - 20:27:00


Deputado Laerte Bessa queria equiparação da Polícia Civil com a Federal/Arquivo/Agência Câmara

Foi o que disse o governador Rollemberg ao analisar uma proposta rejeitada do deputado Laerte Bessa

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou emenda do deputado Laerte Bessa (PR-DF) à Medida Provisória 821/18. Se a proposta fosse aprovada, o Distrito Federal poderia perder R$ 1 bilhão do Fundo Constitucional da educação e da saúde, segundo cálculos feitos pelo governador Rodrigo Rollemberg poucos minutos antes da votação.

A emenda tinha o propósito de explicitar a aplicação, aos policiais civis do DF, do regime estatutário dos servidores públicos federais de natureza policial. O projeto de conversão da MP cria o Ministério da Segurança Pública, que agora será analisado e votado pelo Senado federal.

Segundo Rollemberg, se isso ocorresse, haveria prejuízos para “centenas de milhares de alunos que usam a rede pública e milhões que usam o SUS”. Antes da votação ele postou no Twitter que “Tenho convicção que Augusto Carvalho, Érika Kokai, Izalci, Roney Nemer e Vitor Paulo não vão permitir essa aberração”.


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +