Vaticano e CNBB desmentem PT sobre o rosário

autor Misto Brasília

Postado em 13/06/2018 07:48:03 - 07:43:00


Papa Francico abençoa os terços que são encaminhados a todos os presos do mundo/Arquivo

Nota do Vatican News desmascara fake News espalhada pelas redes sociais pelo PT

 

O Vatican News, portal de informações a Santa Sé, confirmou que o papa Francisco não mandou um rosário (terço) para Lula da Silva, condenado a 12 anos e um mês de prisão. As redes sociais ligadas ao ex-presidente e do PT espalharam que o mimo religioso tinha sido entregue por um “assessor” do papa.

O argentino Juan Gabrois foi apontado como o portador do rosário, mas ele e nem o suposto presente do papa chegou às mãos de Lula. Além disso, Gabrois é “ex-consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz”. O terço é o mesmo que é encaminhado a todos os presos do mundo.

“O advogado argentino Juan Gabrois, fundador do Movimento dos trabalhadores excluídos e ex-consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz, deu uma entrevista em sua tentativa de visitar o ex-presidente Lula na prisão de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois disse que a visita era pessoal e não em nome do Santo Padre. Ele não teve a permissão para se encontrar com Lula”, diz nota do Vatican News.

A Santa Sé ressalta que Juan Gabrois “nunca declarou que foi o papa a enviar o terço, mas simplesmente que se tratava de um terço que tinha sido ‘abençoado’ pelo papa”. Ainda segundo a nota de esclarecimento, “terços como esse são levados, como o Santo Padre deseja, a tantos prisioneiros do mundo sem entrar no mérito de realidades particulares”. A Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) diz desconhecer o envio do rosário a Lula.

 


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +