Falta de combustível obriga suspensão das aulas no Distrito Federal

autor Misto Brasília

Postado em 24/05/2018 19:05:47 - 19:03:00


Suspensão das aulas foi tomada nesta reunião com o governador Rollemberg/Divulgação

Decisão foi anunciada esta noite pelo governador após uma governador com seus assessores

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, anunciou há pouco que as aulas na rede pública de ensino estão suspensas nesta sexta-feira (25). A principal causa é a falta de combustível para o transporte individual e coletivo, já que pelo menos duas empresas de ônibus só tem estoque de óleo diesel para amanhã.

As outras medidas tomadas a partir de uma reunião realizada esta tarde com assessores foi determinar à Polícia Civil a instauração de investigação criminal para apurar crimes contra a economia popular – casos de abusos de preços no comércio.

Nota do governo

O governador Rodrigo Rollemberg determinou à Secretaria de Educação que suspenda as aulas, nesta sexta-feira (25), nas escolas públicas do Distrito Federal. A medida visa garantir a segurança das crianças diante da possibilidade de novas interrupções, assim como melhorar a mobilidade no trânsito da cidade.

Rollemberg determinou ainda que a Polícia Civil instaure investigação criminal para apurar crimes contra a relação de consumo e a economia popular.

Determinou também que a Polícia Militar trabalhe para desobstruir as rodovias federais, de acordo com decisão da Justiça Federal, e que o Procon-DF continue com o trabalho de fiscalização e punição aos postos de gasolina que praticarem preços abusivos.

Também determinou que no âmbito do governo de Brasília se garante prioritariamente o abastecimento de combustível dos veículos que prestam serviços essenciais à população, como segurança, saúde e SLU, e emergenciais como Caesb e CEB.

Governo de Brasília


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +