Bolsonaro quer acabar com os fiscais de impostos

autor Misto Brasília

Postado em 20/03/2018 09:23:31 - 09:14:00


Bolsonaro ataca os fiscais e diz que eles mais atrapalham do que ajudam/Arquivo

Pré-candidato à Presidência pelo PSL tropeça no próprio discurso e delega ideias econômicas

O deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) anunciou que, se for eleito, vai reduzir ("a quase extinção") o quadro de fiscais de tributos da Receita Federal do Brasil. A proposta que está gravada em vídeo e que está circulando nas redes sociais, foi disponibilizado pelo Jornal do Comércio. [Assista ao vídeo na Seção Vídeo, ao lado]

Para Bolsonaro, a categoria de fiscais mais atrapalha do que ajuda no desenvolvimento do país. O pré-candidato se contradiz no próprio discurso, pois sua trajetória política é marcada por uma posição nacional-desenvolvimentista, de viés estatizante. Mas como ele mesmo admitiu, nada entende de economia e delega essa questão fundamental para uma outra pessoa, o economista Paulo Guedes.

“Criam (fiscais) dificuldades para vender facilidades. Vou colocar quase em extinção o quadro de fiscais no Brasil. Mas não é porque sofreriam ‘qualquer’ sanções, mas porque não vão ter legislação para perturbar quem está produzindo. Que, infelizmente, em parte considerável do quadro de fiscais do Brasil, os elementos se prestam para fazer outras coisas”.

Outro que poderá dar as cartas em nome de Bolsonaro é o economista Marcos Cintra, defensor do imposto único. Essa proposta, aliás, foi mencionada pelo pré-candidato quando se filiou ao PSL, quando a plateia gritava insistentemente a palavra “canalhas”.

O programa do partido de Bolsonaro prega genericamente “uma sociedade livre”, porque “precisamos de cidadãos autônomos, um governo eficiente com atribuições limitadas, poder descentralizado, maior autonomia aos municípios e engajamento da sociedade civil”.


Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
Servidores fazem protesto contra o congelamento do aumento salarial
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +