FAB abre concurso para sargentos que tenham até 45 anos

autor Misto Brasília

Postado em 13/03/2018 10:30:28 - 10:22:00


Entre as vagas oportunizadas pela FAB, está a de controladores de voo/Arquivo/Reprodução vídeo

São para futuros militares temporários que vão atuar em várias especialidades da vida profissional

A Força Aérea Brasileira abriu as inscrições até o dia 23 de março para 801 vagas de sargentos temporários, com contratos que podem chegar a oito anos de serviço militar. Para participar, entre outros requisitos, é necessário ter menos de 45 anos de idade até 31 de dezembro de 2018 com ensino médio completo. Também estão abertas as inscrições para concorrer a 21 vagas para sargentos de controle de tráfego aéreo e 47 para desporto de alto desempenho.

As vagas são para as seguintes especialidades: administração, arrumador, cozinheiro, eletricidade, eletromecânica, eletrônica, enfermagem, informática, informática I, laboratório, mecânico de aeronaves, motorista, motorista-bombeiro, obras, pavimentação, processos fotográficos, produção de áudio e vídeo, radiologia, saúde bucal e topografia. Os requisitos específicos dependem da especialidade pleiteada pelo candidato. Confira edital.

As inscrições serão realizadas nas seguintes cidades: Belém (PA), Alcântara (MA), Anápolis (GO), Brasília (DF), Canoas (RS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Santa Maria (RS), Boa Vista (RR), Eirunepé (AM), Manaus (AM), Porto Velho (RO), São Gabriel da Cachoeira (AM), Fortaleza (CE), Parnamirim (RN), Recife (PE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), Barbacena (MG), Lagoa Santa (MG), Campo Grande (MS), Guaratinguetá (SP), Pirassununga (SP), Santos (SP), São José dos Campos (SP) e São Paulo (SP).


Vídeo alerta para as desigualdades e convida para a reforma solidária
Sindicatos de fiscais de tributos preparam proposta para reforma tributária
veja +
Relatório da MP da privatização da Eletrobras será votado dia 8 de maio
Placas do Mercosul serão obrigatórias apenas para veículos novos e transferidos
Câmara analisa limites da legítima defesa
veja +