Brasil deve esperar para recorrer contra EUA

autor Misto Brasília

Postado em 12/03/2018 20:05:07 - 20:01:00


Roberto Azevêdo, da OMC, hoje com o presidente Michel Temer/Divulgação/Twitter

Questão foi anunciada pelo representante da OMC sobre a sobretaxa do alumínio e aço

 

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, afirmou nesta segunda-feira, após se reunir com o presidente Michel Temer, que o governo brasileiro não deve, ao menos por ora, recorrer à entidade para questionar a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de sobretaxar importações de aço e alumínio.

Segundo Azevêdo, o Brasil busca chegar a um entendimento com outras nações para tomar uma decisão coletiva em relação aos EUA.

“Pelo que pude depreender, o governo brasileiro está em contato com outros países que podem ser afetados por essas medidas para estudar quais alternativas seriam mais adequadas do ponto de vista brasileiro e até coletivo. Eu não sei se há uma determinação neste momento de recorrer ao mecanismo de solução de controvérsias da OMC”, disse Azevêdo a jornalistas.

 


AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
O brasileiro é criativo - Despacito no ritmo e versão do vendedor de bom bom
veja +
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
CCJ aprova doação de blindados do Exército brasileiro ao Uruguai
Projetos culturais do Distrito Federal recebem recursos
veja +