Perfil - Paulo Rabello de Castro

autor André Pereira Cesar

Postado em 06/03/2018 09:34:36 - 09:23:00


Paulo Rabello de Castro deve se lançar à Presidência pelo nanico PSC/Arquivo/Divulgação

Liberal por formação e convicção, defende o estabelecimento de um sistema tributário mais enxuto

As incertezas políticas têm estimulado novos atores a participar do processo sucessório. Um nome que poderá tentar a sorte em outubro é o de Paulo Rabello de Castro, do nanico PSC.

Nascido no Rio de Janeiro no início de 1949, Rabello de Castro é economista. Foi presidente do IBGE e, desde 2017, comanda o BNDES. Seu currículo é extenso. Doutorou-se em Chicago, onde estudou com Milton Friedman e Gary Becker, ambos laureados com o Nobel.

Em 1993 fundou a SR Rating, a primeira empresa especializada em rating no Brasil. Presidiu também o Instituto Atlântico e mantém fortes conexões com a Fiesp e a FGV.

Liberal por formação e convicção, defende o estabelecimento de um sistema tributário mais enxuto e eficiente. Também é favorável à redução da máquina do Estado.

À frente do BNDES, ele tem trabalhado para se tornar mais conhecido do eleitorado. De fato, seu nome é ignorado pela população.

Essa estratégia, porém, desagradou ao governo e, em especial, a equipe econômica, que considera equivocado o comportamento de Rabello de Castro. Ele tem se ausentado de reuniões da diretoria e focado em uma agenda pelas principais capitais do país. Tudo para divulgar seu nome.

Com apenas 1% das intenções de voto, o economista sabe das dificuldades que enfrentará. Estrutura de campanha precária, pouco tempo de TV e certa inexperiência no mundo da política real serão alguns dos obstáculos ao potencial candidato. Antes do PSC, por sinal, ele foi filiado ao Novo, que não lhe deu espaço para voos maiores.

Rabello de Castro terá como dificuldade adicional o fato de trafegar na mesma faixa política de Henrique Meirelles, Rodrigo Maia e de Michel Temer. Também João Amoêdo, do Novo, disputará o mesmo eleitorado.

Em suma, trata-se de uma candidatura que, caso confirmada, terá reduzidíssimas chances de êxito. Rabello de Castro disputará na clássica condição de azarão.


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +