Fitch rebaixa nota do Brasil após fiasco da reforma Previdenciária

autor Misto Brasília

Postado em 23/02/2018 15:22:57 - 15:12:00


Agência de classificação de risco entende que intervenção federal foi prejudicial/Divulgação

Quadro de incertezas aumenta no tocante ao controle dos déficits fiscais somado ao importante revés

A agência de classificação de risco Fitch nesta sexta-feira (23) rebaixou a nota de crédito soberano do Brasil, de BB para BB-. No entanto elevou perspectiva de negativa para estável. Segundo relatório da agência o novo status reflete “os persistentes e grandes déficits fiscais, um alto e crescente fardo da dívida pública e a falta de legislação sobre reformas que melhorariam o desempenho estrutural das finanças públicas”.

Para a agência, a decisão do governo de tirar a Previdência da pauta, com a intervenção federal no Rio de Janeiro, representou um “importante revés”. Além disso, prejudica a confiança de médio prazo nas finanças públicas e no compromisso político do governo em perseguir o ajuste fiscal.

Mesmo ficando a votação da reforma da Previdência para depois da eleição, há incertezas sobre a capacidade do próximo governo de garantir a aprovação da reforma em tempo hábil. Outra consequência é que no âmbito político, o governo federal tem maiores dificuldades para garantir apoio do Congresso Naciional e promulgar medidas de receitas e gastos destinadas a consolidar as contas fiscais em 2018.


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +