Exército vai coordenar crise provocada pela imigração venezuelana

autor Misto Brasília

Postado em 14/02/2018 17:40:47 - 17:36:00


É grave o problema provocado pela imigração de venezuelanos/Arquivo

A força-tarefa foi definida neste final de semana e hoje após uma reunião de quatro horas com Temer

O presidente Michel Temer (MDB) reuniu por quatro horas ministros próximos do seu gabinete e setores da segurança e da Defesa para debater a grave crise provocada pela imigração venezuelana. O problema principal encontra-se em Roraima, pois somente em Boa Vista há mais de 40 mil estrangeiros que fogem da perseguição política e da fome.

Ouça mais informações sobre as medidas do governo federal em Roraima na seção Áudio ao lado

Entre as decisões, está o aumento do efetivo militar na região e maior assistência ao governo de Roraima na assistência aos imigrantes. Há pouco, o general Vilas Boas, comandante do Exército, informou que “a crise humanitária desencadeada pela imigração de venezuelanos exige ação conjunta de agências federais, estaduais e municipais. Após reuniões realizadas esse final de semana, caberá ao Exército a coordenação de uma força tarefa e logística no estado”.


Apoio à greve dos caminhoneiros leva milhares às ruas neste domingo
Vale tudo para levar gasolina para casa, até tambores para água
veja +
Começa nesta sexta-feira o Feirão da Caixa em Brasília
Vacinação contra a aftosa continua no Distrito Federal até o final do mês
Barroso explica obrigação dos partidos em reservar 30% do fundo eleitoral para candidatas
veja +