Anamatra diz que imprensa distorce auxílio-moradia

autor Misto Brasília

Postado em 13/02/2018 11:03:10 - 10:56:00


Estátua de Themis, deusa da Justiça na mitologia grega, em frente ao Supremo em Brasília/Divulgação

Associação, que reúne magistrados da Justiça do Trabalho, critica execração pública de magistrados

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) divulgou nota de repúdio ao "uso abusivo e distorcido" pela imprensa das informações financeiras disponibilizadas nos portais de transparência sobre pagamentos feitos a magistrados em 2017.

Os pagamentos de verbas indenizatórias englobam a ajuda de custo para moradia, que, segundo a entidade, estão previstas em lei. O documento lembra ainda que a complexa questão dos direitos e vantagens da magistratura será enfrentada em breve pelo Supremo Tribunal Federal (STF), não havendo, no âmbito da União, o pagamento de quaisquer benefícios que não tenham previsão na Lei Orgânica da Magistratura Nacional (LC 35/1979) ou em lei federal competente.

O texto traz que "críticas públicas a tais vantagens, ainda quando equivocadas, são legítimas e naturais em ambiente democrático", mas considera "inadmissível que isso se faça ao enxovalho de toda uma carreira nacional, expondo publicamente à execração pública centenas de juízes de todo o País".


Guga Kuerten diz que cortar dinheiro do esporte das crianças é ato de desespero
Forró e festa junina no gabinete do vice-presidente da Câmara
veja +
Comissão aprova criação de creches para filhos de agentes de segurança pública
Especialistas sugerem contratação de mais aprendizes pelo poder público
Aplicativo Sine Fácil ajuda 2,7 desempregados no Distrito Federal
veja +