A marcha dos insensatos

autor Galba Velloso

Postado em 22/01/2018 07:27:28 - 07:18:00


Uso indevido e criminoso da sua sigla e da sua bandeira/Arquivo/Reprodução/Cangablog

República não abdicará! Ela renascerá com o povo e a única arma legítima que é o voto

Se há algo que não se pode negar à esquerda brasileira é que ela tem se dedicado durante décadas a oferecer à direita o pretexto para reação desta última.

Gabola, a esquerda trombeteia o que na verdade não pode, mas vai tentar fazer em termos de violência. A direita dá o troco sem alarde nem grito.

Agora mesmo, a senadora Gleisi Hoffmann, que oscila entre o stalinismo e o nacional – socialismo, e o Lindbergh Farias, que pretende falar em nome do Rio de Janeiro, ameaçam o País com mortes e derramamento de sangue, caso se condene e prenda alguém que para isso deu motivo em nove processos, responsável que é pela presente desgraça nacional, o companheiro deles, não nosso, Lula, que destruiu a Petrobrás, arruinou a economia e produziu 30 milhões de desempregados, subempregados e aqueles relegados à informalidade.

E o fez por si mesmo, bem como pelo poste que elegeu presidente da República e ainda através dos cúmplices que reuniu, entre eles o vice-presidente de então, que sobrevive como suposto presidente, porque o impeachment foi pela metade, apenas de metade da chapa.

Em consequência, o governo continua sendo do PT, pelo vice-presidente que elevou à atual posição mais alta, oferecendo este a contribuição corrupta e descarada de um partido hoje absolutamente desmoralizado e que fora fundado por idealistas que por ele morreram no regime militar, com as sepulturas ultrajadas pelo uso indevido e criminoso da sua sigla e da sua bandeira.

Como se não bastasse produzir não apenas uma depressão econômica, mas uma depressão propriamente dita do povo brasileiro, descrente, decepcionado, em desespero financeiro que não comove a equipe que só é econômica para os banqueiros, nunca para a República.

Mas a depressão psíquica se transforma em reação poderosa, quando a provocação é ainda maior do que ela.

E isso se configura agora com um quadro sucessório em que os brasileiros, que não conseguiam descobrir candidato para 2018, constatam que em verdadeiro escárnio a classe dominante, já que este País não chega sequer a ter elite, oferece aos eleitores os nomes de Lula, Collor e Temer, este que depois de comprar as instituições sonha comprar o povo brasileiro.

“Et bien, non! Ils ne passeront pas!”

Eles não passarão! Não se cospe na face do povo!

Desta vez ultrapassou-se tudo que o povo brasileiro estaria disposto a contornar!

De nada adianta os senadores Lindbergh e Gleisi nos ameaçarem com balas e sangue!

A República não abdicará! Ela renascerá com o povo e a única arma legítima que é o voto, para voltar a ser Comissária da Nação, assegurando a liberdade e restabelecendo a decência e o progresso!


Guga Kuerten diz que cortar dinheiro do esporte das crianças é ato de desespero
Forró e festa junina no gabinete do vice-presidente da Câmara
veja +
Comissão aprova criação de creches para filhos de agentes de segurança pública
Especialistas sugerem contratação de mais aprendizes pelo poder público
Aplicativo Sine Fácil ajuda 2,7 desempregados no Distrito Federal
veja +