Com o pé esquerdo

autor André Pereira Cesar

Postado em 09/01/2018 07:53:38 - 07:42:00


Planalto segue gerando inúteis e dispensáveis polêmicas/Arquivo/Divulgação

Planalto dança a mesma música do ano passado e também segue gerando inúteis e dispensáveis polêmica

A primeira semana de 2018 foi ruim para o governo. Em poucos dias, erros e percalços deixaram a sensação de que nada mudou em relação a 2017. O Planalto dança a mesma música do ano passado.

Tal qual a crônica de uma morte anunciada, foram registradas novas rebeliões em presídios. Dessa vez o destaque foi Goiás onde, repetindo janeiro de 2017, mortes foram registradas. O sistema prisional está em colapso, é fato, e há um ano esperam-se respostas efetivas do governo. Tudo em vão, até agora.

O Planalto também segue gerando inúteis e dispensáveis polêmicas. O debate em torno do possível fim da "regra de ouro" é o exemplo mais acabado. Temer e aliados não tinham ideias ou propostas concretas para a questão e, mesmo assim, colocaram-na na rua. Imprensa, opinião pública e mercado reagiram negativamente e a equipe econômica foi obrigada a se explicar e recuar. Erro de estratégia que gerou um pequeno e desnecessário desgaste.

A Esplanada, por seu turno, ferve. Ministros demissionários deixam claro que a preocupação maior é com a sobrevivência política e não com a agenda governista. Clima de fim de festa.

O ponto alto, porém, é a comédia de erros em torno da nomeação da deputada petebista Cristiane Brasil para o ministério do Trabalho. A indicada, filha de Roberto Jefferson, tem processos trabalhistas nas costas e quita essas pendências de maneira irregular. A Justiça agiu e concedeu liminar suspendendo sua posse. Mesmo que a situação resolva-se de maneira favorável ao Planalto, o estrago estará feito.

Certa vez, Chico Buarque falou da necessidade de se criar um "ministério do vai dar m..." - com uma figura que acompanhasse as decisões do governo e dissesse "não façam, vai dar m...". O governo Temer, que começou 2018 com os dois pés esquerdos, necessita urgentemente da solução Chico Buarque.


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +