TSE terá três presidentes em oito meses

autor Misto Brasília

Postado em 07/12/2017 14:15:15 - 14:04:00


Ministro do TSE tomará posse no dia 6 de fevereiro/Arquivo

Após a eleição,o ministro do TSE afirmou que terá espinhosa missão ao substituir Gilmar Mendes

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, foi eleito o sucessor do ministro Gilmar Mendes na presidência da Corte. Juiz de carreira, Fux cumprirá mandato de fevereiro a agosto de 2018. Ele foi escolhido como praxe por ser o ministro com maior tempo de tribunal. A ministra Rosa Weber foi eleita vice-presidente do TSE, assumindo também no início de fevereiro.

Com a saída de Gilmar Mendes, em fevereiro, assume uma vaga no TSE o ministro do STF Luís Roberto Barroso.

“Eu tenho a espinhosa missão de substituir duas excepcionais gestões, a do ministro Toffoli e a de vossa excelência (Gilmar) e creio em Deus que estarei à altura do exercício dessa missão”, ressaltou Fux, emocionado.

Fux presidirá seis meses até agosto de 2018, mês em que se encerra o mandato dele na Corte. Pelo critério de antiguidade, a sucessora de Fux será Rosa Weber. A cerimônia está agendada para 6 de fevereiro, dentro do mandato de Gilmar, o qual se encerrará no dia 14 do mesmo mês.


Arthur Maia aceita proposta de servidores para facilitar aprovação da reforma
Maia anuncia a nova data de votação da reforma da Previdência
veja +
Nilson Leitão vai liderar a bancada do PSDB no próximo ano
Rodrigo Maia diz que a "sociedade" concorda que é necessário a reforma na Previdência
Zarattini disse que adiar votação da reforma da Previdência é uma derrota do governo
veja +