TSE proíbe Agnelo de concorrer em eleições

autor Misto Brasília

Postado em 07/12/2017 11:08:13 - 11:06:00


Agnelo é acusado de usar propaganda oficial em proveito próprio/Arquivo

A decisão da Corte foi anunciada esta manhã e vale já para o pleito do próximo ano

O ex-governador Agnelo Queiroz (PT) do Distrito Federal está proibido de concorrer em eleições nos próximos oito anos. A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral, que hoje elegeu, na sessão administrativa, o ministro Luiz Fux como o sucessor do ministro Gilmar Mendes a partir do início de fevereiro de 2018.

A corte manteve a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal por conta de um processo de abuso de poder público e desvio de propaganda oficial para proveito próprio em campanha eleitoral. O ex-vice-governador Tadeu Filippeli (PMDB) envolvido na investigação judicial, foi também condenado em parte. Ele ainda pode recorrer da decisão e ainda não está inelegível.


Fundo Partidário vai definir força das coligações, diz deputado
AO VIVO Câmara Legislativa do DF
veja +
Projetos que podem render recursos imediatos para o governo
Afif defende que Refis deve ser pautado para derrubada do veto
Comércio eletrônico poderá aceitar dinheiro como forma de pagamento
veja +