TSE proíbe Agnelo de concorrer em eleições

autor Misto Brasília

Postado em 07/12/2017 11:08:13 - 11:06:00


Agnelo é acusado de usar propaganda oficial em proveito próprio/Arquivo

A decisão da Corte foi anunciada esta manhã e vale já para o pleito do próximo ano

O ex-governador Agnelo Queiroz (PT) do Distrito Federal está proibido de concorrer em eleições nos próximos oito anos. A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral, que hoje elegeu, na sessão administrativa, o ministro Luiz Fux como o sucessor do ministro Gilmar Mendes a partir do início de fevereiro de 2018.

A corte manteve a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal por conta de um processo de abuso de poder público e desvio de propaganda oficial para proveito próprio em campanha eleitoral. O ex-vice-governador Tadeu Filippeli (PMDB) envolvido na investigação judicial, foi também condenado em parte. Ele ainda pode recorrer da decisão e ainda não está inelegível.


Apoio à greve dos caminhoneiros leva milhares às ruas neste domingo
Vale tudo para levar gasolina para casa, até tambores para água
veja +
Começa nesta sexta-feira o Feirão da Caixa em Brasília
Vacinação contra a aftosa continua no Distrito Federal até o final do mês
Barroso explica obrigação dos partidos em reservar 30% do fundo eleitoral para candidatas
veja +