Governo abusa da renúncia fiscal e reclama do déficit da Previdência

autor Misto Brasília

Postado em 03/12/2017 18:35:52 - 18:29:00


Relatório do governo é esclarecedor sobre o déficit fiscal/Arquivo

Segundo o Ministério da Fazenda, o déficit da Previdência seria 40% menor sem as renúncias fiscal

O governo é um exemplo do velho ditado de que em casa de ferreiro, espeto de pau. Relatório do próprio governo, no caso o Ministério da Fazenda, confirma o que as entidades tem afirmado com insistência. Não há nexo em apertar o trabalhador na reforma da Previdência e facilitar a vida daqueles que não pagam impostos.

Segundo o levantamento, o déficit da Previdência Social seria 40% menor sem as renúncias fiscais. De acordo com o relatório Aspectos Fiscais da Seguridade Social no Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixou de arrecadar R$ 57,7 bilhões em 2016 com as isenções e as desonerações na contribuição patronal para a Previdência. Sem os benefícios, a Previdência Social teria fechado o ano passado com déficit de R$ 80,4 bilhões, em vez de resultado negativo de R$ 138,1 bilhões.

Ocorre que a Previdência Social não tem déficit. O governo joga todas as contas nessa rubrica e, assim não há arrecadação de pague. A CPI da Previdência comprovou que não há déficit e a própria base do governo votou no relatório.


AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
O brasileiro é criativo - Despacito no ritmo e versão do vendedor de bom bom
veja +
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
CCJ aprova doação de blindados do Exército brasileiro ao Uruguai
Projetos culturais do Distrito Federal recebem recursos
veja +