Vida louca - Dilma acredita em delação e Temer em conspiração

autor Misto Brasília

Postado em 16/10/2017 18:29:36 - 18:24:00


Temer e Dilma devem estar rindo do próprio destino/Arquivo/Reprodução

Presidente Michel Temer reclama que é vítima de conspiração e Dilma quer voltar com base em delação

Diz um ditado que as pessoas não devem duvidar de nada, nem do impossível. Como o Brasil vive um tempo de vaca não reconhecer bezerro, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) resolveu sonhar com o retorno à presidência da República.

Nada impossível, porque até mesmo o seu substituto, o presidente Michel Temer (PMDB), acha que é vítima de uma conspiração. Logo ele. Foi o que disse em carta encaminhada hoje aos deputados federais para criticar a denúncia por crime que está na Câmara dos Deputados.

A defesa da ex-presidente Dilma, apeada do poder em abril do ano passado, disse hoje (16) que vai usar trechos de depoimentos da delação premiada do empresário e doleiro Lúcio Funaro à Procuradoria-Geral da República (PGR) para pedir a anulação do impeachment da petista. Estranho, porque quando ela estava na Presidência fez palanque contra a delação. “Não respeito delator”, disse em junho de 2015. Mudou de opinião? E bom lembrar que ela também foi denunciada por delações.

Em nota, o ex-ministro da Justiça e advogado de Dilma, José Eduardo Cardozo diz que as declarações de Funaro confirmam que, conforme a defesa da ex-presidente vem sustentando desde o início do processo, o afastamento é nulo, pois foi encabeçado pelo então presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha e por parlamentares que queriam evitar “a sangria da classe política brasileira”.


Fundo Partidário vai definir força das coligações, diz deputado
Bandidos ateiam fogo em ônibus em Florianópolis
veja +
Maia esteve com General Villas Boas para falar sobre intervenção
Comissão quer maior controle sobre importação de produtos agrícolas
Projetos que podem render recursos imediatos para o governo
veja +