Boieng em Fortaleza vira disputa entre cidades alemãs

autor Misto Brasília

Postado em 07/09/2017 19:26:53 - 19:24:00


Avião estacionado no aeroporto de Fortaleza começa a ser desmontado/Reprodução/DW

Avião da Lufthansa abandonado foi sequestrado há 40 anos por terroristas da extrema

Estacionado em Fortaleza, um Boeing que pertencia à Lufthansa e foi sequestrado por terroristas há 40 anos é agora motivo de disputa entre cidades alemãs que concorrem para abrigá-lo em museu. O Landshut – como é chamado o famoso avião na Alemanha – estava abandonado há nove anos num cemitério de aviões no Aeroporto Pinto Martins e foi comprado da Infraero pelo governo alemão.

Uma equipe da Lufthansa, antiga proprietária da aeronave, foi enviada a Fortaleza para desmontar a aeronave e transportá-la para a Alemanha, onde deve ser exposta num museu particular, em Friedrichshafen, no sul do país.

O 40° aniversário do chamado Outono Alemão – período que marcou o auge da luta entre o Estado alemão e o terrorismo de extrema esquerda e do qual o Landshut se tornou símbolo – fez com o governo alemão se interessasse pelo retorno da aeronave à Alemanha.

Há poucas semanas, o ministro do Exterior, Sigmar Gabriel, foi a Friedrichshafen anunciar que o Landshut deveria ser exposto no Museu Aeroespacial Dornier da cidade, às margens do Lago Constança.

O problema é que agora surgiu outra cidade alemã interessada no famoso avião. Em sua edição desta semana, a revista alemã Spiegel relatou que Simone Lange, prefeita de Flensburg, no norte do país, acusa agora o Ministério do Exterior em Berlim de ter quebrado a promessa de uma licitação aberta para escolher o melhor local para abrigar o Landshut. (Da DW)


Rollemberg garante que a Estação de Corumbá estará concluída até o final do ano
"O senhor não tem vergonha na cara", dispara brasileiro para Gilmar Mendes
veja +
Meirelles diz que conselho definirá casos de vice-presidentes da CEF
Propostas que legalizam jogos de azar andam rápido no Congresso
Publicada lei que pretende diminuir os altos índices de mortes no trânsito
veja +