Brasil e Bolívia irão construir hidrelétrica no rio Madeira

autor Misto Brasília

Postado em 28/08/2017 11:42:03 - 11:39:00


Vista parcial do rio Madeira, no Norte do Brasil/Arquivo/CiênciaHoje

Estudos com financiamento bilateral já começaram e devem ser entregues nos próximos meses

Comissão de representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), da Empresa Nacional de Eletricidade (ENDE) e da Eletrobras deve entregar nos próximos meses o ‘Estudo de inventário hidroelétrico binacional em parte da Bacia do rio Madeira e afluentes localizados em território boliviano e brasileiro’.

A licitação terá financiamento a fundo perdido do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) de US$ 600 mil e aportes da ENDE e Eletrobras de US$ 3,5 milhões cada um, informa o Inforel.org

O estudo da Bacia do Rio Madeira, que deverá ser realizado em um prazo não maior que 18 meses, tem por objetivo determinar o potencial hidroelétrico na fronteira entre os dois países.

O governador de Tacna, no Peru, Omar Jiménez, disse que “este projeto fará com que nossa região receba gente de todo o mundo. Tacna é uma cidade cosmopolita, sua posição no coração do litoral da América do Sul faz com que seja bem vista pelos países asiáticos para temas comerciais e de exportações”.


Vídeo alerta para as desigualdades e convida para a reforma solidária
Sindicatos de fiscais de tributos preparam proposta para reforma tributária
veja +
Relatório da MP da privatização da Eletrobras será votado dia 8 de maio
Placas do Mercosul serão obrigatórias apenas para veículos novos e transferidos
Câmara analisa limites da legítima defesa
veja +