Privatização e indicação política

autor André Pereira Cesar

Postado em 28/08/2017 08:25:44 - 08:21:00


Governo vai privatizar parte do setor elétrico com a venda da Eletrobras/Arquivo/Reprodução

O embate apenas começa e envolve PMDB, PSDB, DEM e PP, entre outros aliados

"Privatização", entre aspas ou não, sempre foi um tabu na vida brasileira. Olhando o país desde a redemocratização, todos os governos, de Collor a Dilma, abordaram a questão.

Portanto, não há grandes novidades na recente proposta do governo Temer em vender ativos da União ou realizar concessões para a iniciativa privada. O atual processo tem apenas uma nova roupagem.

Mas não será fácil para o atual grupo no comando fazer avançar a proposta. Como já dito, privatização é algo polêmico no país. Grupos organizados e a esquerda, por exemplo, falam em "setores estratégicos" para defender a manutenção do quadro atual. Também economistas de diferentes correntes questionam os resultados finais do processo.

Há uma importante dificuldade adicional. No modelo político brasileiro, estatais e empresas públicas são utilizadas para a distribuição de cargos - e poder - aos aliados do Planalto. Abririam esses aliados mão desse dispositivo?

Levantamento realizado pelo jornal O Estado de São Paulo e divulgado no último domingo, 27 de agosto, mostra que existem ao menos trinta indicações políticas nas diretorias a serem privatizadas. O embate apenas começa e envolve PMDB, PSDB, DEM e PP, entre outros aliados.

Nem mesmo a disposição de governadores e prefeitos seguirem o exemplo do governo federal muda o quadro.

Sem entrar no mérito da proposta governista, o que fica claro é que o debate político no país segue travado. Andamos em círculos. São necessárias mudanças profundas no sistema para um verdadeiro salto qualitativo. Do contrário, tudo será mais do mesmo.


AO VIVO -TV da Câmara Legislativa
O desabafo do prefeito de Belo Horizonte
veja +
Shéridan defende aumento da pena para estupro
Eunício anuncia que é MP para alterar reforma trabalhista no Palácio
Vital do Rêgo entrega auditorias de 94 obras para Comissão de Orçamento avaliar
veja +