Ex-deputado e ex-marido de Dilma morre em Porto Alegre

autor Misto Brasília

Postado em 12/08/2017 11:46:21 - 11:43:00


Carlos Araújo estava internado num hospital na capital gaúcha/Arquivo/DiáriodoBrasil

Carlos Araújo era advogado trabalhista e esteve também na luta contra a ditadura

Ex-marido da ex-presidente Dilma Rousseff, o advogado trabalhista e ex-deputado estadual gaúcho Carlos Araújo morreu na madrugada deste sábado, aos 79 anos, em Porto Alegre. A causa da morte não foi informada. Dilma ainda não se manifestou, segundo O Globo. Na rede social a ex-presidente também não fala sobre a morte.

Araújo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Porto Alegre desde o último dia 25 com um quadro de cirrose. A morte ocorreu às 00h01.

Carlos se juntou à Juventude Comunista ainda nos anos 1950. Durante a ditadura, participou da montagem de um grupo de resistência ao lado de Dilma Rousseff, a quem conheceu em 1969. Os dois foram torturados durante o regime militar. O casamento durou mais de 20 anos e deu uma única filha, Paula Rousseff de Araújo.


O brasileiro é criativo - Despacito no ritmo e versão do vendedor de bom bom
Deputado ataca Ciro e classifica o pré-candidato de racista e caloteiro
veja +
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
CCJ aprova doação de blindados do Exército brasileiro ao Uruguai
Projetos culturais do Distrito Federal recebem recursos
veja +