Ex-deputado e ex-marido de Dilma morre em Porto Alegre

autor Misto Brasília

Postado em 12/08/2017 11:46:21 - 11:43:00


Carlos Araújo estava internado num hospital na capital gaúcha/Arquivo/DiáriodoBrasil

Carlos Araújo era advogado trabalhista e esteve também na luta contra a ditadura

Ex-marido da ex-presidente Dilma Rousseff, o advogado trabalhista e ex-deputado estadual gaúcho Carlos Araújo morreu na madrugada deste sábado, aos 79 anos, em Porto Alegre. A causa da morte não foi informada. Dilma ainda não se manifestou, segundo O Globo. Na rede social a ex-presidente também não fala sobre a morte.

Araújo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Porto Alegre desde o último dia 25 com um quadro de cirrose. A morte ocorreu às 00h01.

Carlos se juntou à Juventude Comunista ainda nos anos 1950. Durante a ditadura, participou da montagem de um grupo de resistência ao lado de Dilma Rousseff, a quem conheceu em 1969. Os dois foram torturados durante o regime militar. O casamento durou mais de 20 anos e deu uma única filha, Paula Rousseff de Araújo.


Arthur Maia aceita proposta de servidores para facilitar aprovação da reforma
Maia anuncia a nova data de votação da reforma da Previdência
veja +
Nilson Leitão vai liderar a bancada do PSDB no próximo ano
Rodrigo Maia diz que a "sociedade" concorda que é necessário a reforma na Previdência
Zarattini disse que adiar votação da reforma da Previdência é uma derrota do governo
veja +