Temer versus Temer

autor André Pereira Cesar

Postado em 04/08/2017 08:23:44 - 08:22:00


O grande adversário de Temer seria ele mesmo/Arquivo/Divulgação/PR

A ampla base no Congresso demonstrou força e unidade. As defecções foram as esperadas

Após a confirmação da vitória e a consequentemente derrubada da ação de Janot contra o presidente Temer, o governo tenta se repaginar. Mas há consistência no novo quadro ou se trata de algo efêmero? Vamos aos fatos.

Em primeiro lugar, a ampla base de apoio ao presidente no Congresso Nacional demonstrou forçaa e unidade. As defecções foram as esperadas. Ao contrário de Dilma, Temer pode contar com os parlamentares.

Entre os aliados, PSDB e PSB são os casos mais problemáticos. Divididos, os dois partidos colocam em risco sua continuidade na base.

Espera-se agora a anunciada nova ação de Janot contra Temer. Será um novo teste para a fidelidade dos aliados.

Enquanto isso, tenta-se retomar o programa de reformas. A da Previdência é a mais difícil, com ainda reduzida chance de aprovação. A economia também patina e a população sente diretamente os efeitos da crise.

Na realidade, o grande adversário do presidente é ele mesmo. Impopular e com pouco carisma, a reinvenção do governo terá de fato de começar por ele. Temer precisa gerar uma versão 2.0 de si mesmo. Do contrário, os recentes êxitos do Planalto terão sido em vão.


Vídeo alerta para as desigualdades e convida para a reforma solidária
Sindicatos de fiscais de tributos preparam proposta para reforma tributária
veja +
Relatório da MP da privatização da Eletrobras será votado dia 8 de maio
Placas do Mercosul serão obrigatórias apenas para veículos novos e transferidos
Câmara analisa limites da legítima defesa
veja +