Operação contra PCC que planeja matar servidores públicos

autor Misto Brasília

Postado em 19/07/2017 10:22:25 - 10:21:00


Organização criminosa domina a maioria dos presídios/Arquivo

Ação está sendo realizada agora pela Polícia Federal em três estados – Rio, RN e São Paulo

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte cumpre 14 mandados hoje (19) durante a Operação Força e União, que abrange três cidades: São Paulo, Rio de Janeiro e Mossoró, informou a Agência Brasil.

A meta é desarticular o “movimento arquitetado em unidades prisionais federais” que planejava o assassinato de agentes públicos, em resposta ao regime rígido aplicado dentro dos presídios federais. Segundo a PF, o Primeiro Comando da Capital (PCC) costuma apelidar o regime de opressão, do qual queria se vingar.

O levantamento da PF apontou que a facção criminosa PCC assassinou dois agentes penitenciários federais em menos de um ano em Cascavel, no Paraná, e em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Durante as investigações de um dos homicídios, a PF descobriu que a facção ainda planejava a execução de dois agentes por unidade prisional.

Os alvos da facção eram escolhidos sem pessoalidade, mas de acordo com a vulnerabilidade, de modo que o assassinato ocorresse sem que fossem deixados indícios de quem matou.


Rollemberg garante que a Estação de Corumbá estará concluída até o final do ano
"O senhor não tem vergonha na cara", dispara brasileiro para Gilmar Mendes
veja +
Meirelles diz que conselho definirá casos de vice-presidentes da CEF
Propostas que legalizam jogos de azar andam rápido no Congresso
Publicada lei que pretende diminuir os altos índices de mortes no trânsito
veja +