Afinal, Brasília perdeu R$ 415 mi para expansão do metrô?

autor Misto Brasília

Postado em 19/06/2017 11:14:45 - 11:13:00


Audiência pública em 2015 da apresentação do Riac, da expansão da Linha 1/Arquivo/Divulgação

Projeto está em vias de ser licitado, mas Caixa e o governo distrital brigam por falta de documentos

O governo do Distrito Federal garante que não deixou de entregar documentos. A Caixa Econômica Federal, diz que sim. A mais nova discussão surgiu por conta da possibilidade de Brasília ter perdido o prazo para captar R$ 415 milhões em financiamentos para a expansão do metrô da linha 1 (em vias de ser licitado), dinheiro já liberado pelo governo federal.

O projeto em discussão há mais de três anos, prevê a ligação da zona central do Plano Piloto às cidades de Ceilândia e Samambaia, passando pelo Guará, Águas Claras e Taguatinga e Asa Norte.

Os valores seriam repassados da seguinte maneira: R$ 220 milhões para comprar os trens, R$ 120 milhões para os VLTs e outros R$ 75 milhões para as obras das estações metroviárias. O site Metrópoles informou que a Secretaria de Mobilidade negou que o GDF tenha cometido falhas. A pasta alega que enviou toda a documentação necessária e culpa a Caixa Econômica Federal (CEF) pelo entrave.

A Caixa, por sua vez, afirmou que a papelada apresentada pelo GDF estava incompleta. O site diz que em novembro de 2015, foi entregue parte da documentação técnica de engenharia necessária para a análise preliminar do empreendimento. Contudo, era preciso complementar o material para finalizar a análise técnica e a operação poder ser aprovada. 


Repórter se disfarça de mendigo para pedir um abraço. Veja as reações
Evacuação na Câmara dos Deputados. É só treinamento
veja +
Jucá está confiante que minirreforma eleitoral será aprovada após ajustes
Eunício diz que pauta do Senado é do Brasil e não paralisará
Marco Tebaldi diz que lei favorece o livre comércio
veja +