Federais de olho em 2018

autor Misto Brasília

Postado em 16/06/2017 19:29:22 - 19:03:00


Dentro da instituição ha vários candidatos às eleições de 2018/Arquivo

Representantes da Polícia devem se candidatar em todas os estados com discurso contra a corrupção

Nas organizações de servidores e agentes da Polícia Federal (PF) já são dadas como certas as candidaturas de alguns agentes e delegados à Câmara dos Deputados, em 2018.

Na eleição passada, seis agentes federais foram eleitos prefeitos, e 13 vereadores, de acordo com a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).

Dentro da PF, se tem como ideal a candidatura de ao menos um policial em cada unidade da federação. Os agentes famosos são cotados, como Lucas Valença, o “Hipster da Federal, que conduziu Eduardo Cunha quando o ex-deputado foi preso, e pode ser candidato pelo estado de Goiás, escreve Flávia Pierry, da Gazeta do Povo.

Outros cotados internamente nas associações para representar essa nova cara que a PF pretende levar à Câmara dos Deputados são Flávio Werneck (DF), Cláudio Prates (MG), Sandro Araújo (RJ) e André Salineiro (MS). Werneck disputou o cargo de deputado federal pelo Distrito Federal em 2016, pelo PDT, obtendo apenas 0,64% dos votos válidos (9.327 votos). Prates, Araújo e Salineiro foram eleitos vereadores em 2016.

Mais nomes ainda deverão surgir e estão em análise pelas federações da carreira, além da candidatura à reeleição dos deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Aluisio Mendes (PODE-MA). No Paraná, uma das apostas é o deputado estadual Márcio Pacheco (PPL). Não há um alinhamento partidário único, e as legendas são diversas.


Repórter se disfarça de mendigo para pedir um abraço. Veja as reações
Evacuação na Câmara dos Deputados. É só treinamento
veja +
Jucá está confiante que minirreforma eleitoral será aprovada após ajustes
Eunício diz que pauta do Senado é do Brasil e não paralisará
Marco Tebaldi diz que lei favorece o livre comércio
veja +