Talvez esteja acontecendo algo sob a lama

autor Gilmar Correa

Postado em 19/06/2016 23:23:43 - 23:20:00


Foto - Misto Brasília

Não somos os piores nem os melhores. O Brasil vive um reboliço político histórico

O Brasil vive nos últimos dois/três anos um turbilhão de acontecimentos. Poderíamos até buscar o malhado dito de Lula da Silva: nunca antes na História desse país.

E pelos últimos registros, continuaremos a ter surpresas que desafiam os nervos dos mais fortes.

A pergunta que se faz é que se por baixo desse movimento, está sendo construindo algo novo e permanente, capaz de ajudar a forjar o nosso caráter como Nação?

Não somos os melhores nem os piores do mundo. Somos um Brasil multifacetado. Formado por diferentes povos vindos da Europa, da África, da Ásia, de todos os continentes.

E em épocas diferentes recebemos gente de todos os lugares que hoje integra nossa sociedade relativamente nova. Se contarmos a partir da vinda da família real portuguesa, existimos como Brasil de fato há 130 anos, o que daria seis ou sete gerações.

A questão atual leva a uma perspectiva de futuro que pode se resumir a meses, a anos ou talvez a décadas. Até que ponto o reboliço político poderá determinar mudanças da máxima de um Macunaíma, que é o de levar vantagem em tudo.

A Operação Lava Jato é emblemática neste contexto da encruzilhada moral, cuja solução não se resume a novas eleições gerais. A ideia pode ser legal se  as regras do sistema eleitoral foram alteradas.

Usar o discurso de eleições para limpar a sujeira que hoje envergonha a maioria da população, é tripudiar sobre a nossa inteligência.

Uma reforma profunda no sistema político se faz necessária, assim como uma discussão honesta sobre o papel da Justiça.

É preciso reformar a maneira como são feitas as indicações para as cortes estaduais e federais, como também limitar o tempo de permanência de ministros nas Cortes superiores.

Como se vê, o problema não está apenas no Palácio do Planalto ou no Congresso Nacional, embora para o Poder Legislativo são esperadas as reformas que o Brasil precisa.

Como pediu o juiz Sérgio Moro, da 6ª Vara Federal do Paraná, é preciso que a população esteja vigilante. Que não deixe de ir às ruas e que faça manifestações por mudanças que tanto desejamos.


Evacuação na Câmara dos Deputados. É só treinamento
Ingo Penz e o recado para Brasília com sua Choppmotorrad
veja +
Blairo explica embargo da carne brasileira pelos EUA
Jucá detalha proposta para fundo e doações de campanha 2018 e 2020
Hélio José diz que governo é corrupto e reclama de cortes em indicações
veja +