Justiceiros de internet ou disseminadores de ódio?

autor Vitória Colvara

Postado em 14/02/2017 19:42:00 - 19:36:00


Ana Vilela viralizou na internet com Trem Bala/Arquivo/Divulgação

Assistimos a pessoas sendo penalizadas por seus comentários ou condutas nas redes

Hoje vivenciamos uma era tecnológica sobre a qual fica difícil inclusive formar uma opinião. Tudo acontece tão rapidamente que em questão de segundos um tuíte pode atingir um número indeterminado de pessoas por todo o mundo.

Nesse contexto, cumpre ao Direito, o papel de acompanhar esse processo e se adequar a ele, de modo a disponibilizar mecanismos jurídicos que nos garantam o mínimo de segurança e proteção a partir do momento que estamos conectados.

Não raras vezes vemos pessoas sendo penalizadas por seus comentários ou condutas nas redes. Seja na esfera jurídica ou tão somente no meio social, o fato é que estamos cada vez mais monitorados, o que nos incentiva, ou não, a ponderar nossas opiniões.

Qual não foi a minha surpresa ao me deparar com uma ferramenta do Youtube que permite que qualquer pessoa denuncie um comentário desde que especifique o motivo da denúncia que vai desde bullying até incitação à violência.

No meu entender, um dos objetivos dessa ferramenta, é evitar brigas e discussões virtuais que não levam ninguém a lugar algum. Outro objetivo seria o de efetivamente punir aquele que teceu um comentário ofensivo ou desagradável.

Essa semana, resolvi assistir o vídeo da música que conquistou o Brasil: Trem Bala, da Ana Vilela. Logo o primeiro comentário do vídeo é: imagina quantas barras de chocolate essa gordinha vai comprar kjkj”. O que esse comentário te causou agora? Raiva? Ódio? Rancor? Ficou com vontade de xingar essa pessoa? De dar uma verdadeira lição de moral nela? Ou você achou engraçado? Ficou imaginando ela comendo os chocolates?

Fico me perguntando se ela gosta de chocolate, afinal quem não gosta? Se você ficasse famoso (a), quantas barras de chocolates compraria? Quantos chocolates será que dá para comprar com 5 milhões de visualização no Youtube? Lembra quando a gente era criança e pedia o troco pra comprar tudo em bubbaloo e big big?  Pois é, a Ana Vilela pelo visto ainda se lembra. E com a inocência de uma criança, misturada a sua doçura natural e uma dose de ironia ela respondeu: “PASSA UM DÓLAR aii VÁRIAS ”.

Mas a tranquilidade com a qual ela lidou com esse comentário, não atingiu a todos, que, mesmo assim, não pouparam xingamentos e ofensas. Um vídeo lindo de uma menina linda e super talentosa, mas repleto de discussões entre terceiros. É claro que não podemos tolerar preconceitos, mas até que ponto, ao responder com grosserias e xingamentos, não estamos nos igualando a essas pessoas pobres de espírito?!

Como já diria a minha avó, a boca fala daquilo que o coração está cheio. Já tem muito ódio na internet, precisamos de mais amor, mais alegria, e mais leveza. 


Clientes gritam “fora Lula” em restaurante de Maceió
Olha quem manda um abraço para o Misto Brasília
veja +
Eunício adia sessão do Congresso para votação da reforma política
Deputados do PSDB dizem que são contra fundo de campanha de R$ 3,5 bilhões
Câmara aprova projeto que garante apoio financeiro às Santas Casas
veja +