Os mais longos dos dias de Alexandre de Moraes

autor André Pereira Cesar

Postado em 08/02/2017 10:23:20 - 10:16:00


Divulgação MJ/ Google

Alexandre de Moraes ainda será sabatinado na CCJ do Senado e depois pelo Plenário

Enganam-se aqueles que acreditam que a indicação de Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal (STF) encerra a questão envolvendo o novo integrante da Corte. A nomeação de Moraes para o cargo, feita há dias pelo presidente Michel Temer, representa apenas uma etapa do processo. Muita água ainda vai rolar.

São muitas as críticas e denúncias contra o provável novo ministro, nem cabe aqui repisá-las. De "advogado do PCC" a "filiado ao PSDB", muito se fala a respeito de Moraes. A pressão contra sua indicação deverá aumentar nos próximos dias, e aí é que está o risco para ele. 

Moraes precisará demonstrar capacidade para resistir e superar essa pressão, que virá inclusive de setores da comunidade jurídica. Não nos iludamos - a depender da evolução dos fatos, o presidente Temer encontrará uma alternativa a Moraes. Um nome oriundo do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por exemplo.

Os custos políticos de tal operação, é claro, seriam elevados, e esse fato também entra nos cálculos do presidente. 

Enquanto isso, o processo segue seu curso. A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) sabatinará e votará a indicação de Moraes e, a seguir, o plenário sacramentará a questão. Tudo isso deverá estar concluído até dias antes do feriado de Carnaval.

Até lá, Alexandre de Moraes viverá os mais longos de seus dias.


Arthur Maia aceita proposta de servidores para facilitar aprovação da reforma
Maia anuncia a nova data de votação da reforma da Previdência
veja +
Nilson Leitão vai liderar a bancada do PSDB no próximo ano
Rodrigo Maia diz que a "sociedade" concorda que é necessário a reforma na Previdência
Zarattini disse que adiar votação da reforma da Previdência é uma derrota do governo
veja +