A violência e o ódio virtual

autor Misto Brasília

Postado em 31/12/2016 08:40:46 - 08:35:00


A intolerância tem sido disseminada na internet/Arquivo/USP

O problema não é só brasileiro, mas o comportamento de violência preocupa também a Europa

O ano se fecha daqui a algumas horas com uma marca que vai além de nossos bolsos. 2016 foi também um ano de muito preconceito e a violência disseminada nas redes sociais.

Os episódios não são uma questão somente brasileira, mas o ponto da fronteira entre liberdade de expressão de uma pessoa e direitos humanos da outra colidem com comportamentos no mundo inteiro. Na Europa, uma campanha iniciada há poucos dias combate o discurso de ódio online.

Preocupado com essa onda crescente, Portugal lançou um manual para educar através dos direitos humanos. No Brasil, há uma repulsa ao contraditório.

O tema já foi discutido no Congresso, pois grupos que incitam o ódio e o preconceito até recebem doações via PayPal ou cartões de crédito em seus websites.

Segundo denúncia do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), lojas virtuais acabam patrocinando esses sítios eletrônicos. (Da Coluna Esplanada)


Governo de Brasília cria delegacia contra a corrupção
Carro invade passeio e atropela dezenas de pedestres em Copacabana
veja +
Proposta sugere que dinheiro da corrupção financie e saúde
Pode aumentar a distância entre agressor e vítima doméstica
Dyogo esclarece dumping de empresas russas e chinesas
veja +