Mortes em presídios - PCC e CV estariam rompidos

autor Misto Brasília

Postado em 18/10/2016 10:48:00 - 10:43:00


Incêndio no Presídio Ênio Pinheiro, de Rondônia, após briga de facções/TudoRondônia

Ruptura estaria ligada à dinâmica expansionista das fações nas cadeias, observa socióloga

As duas maiores organizações criminosas do Brasil estão rompidas, resultado de desentendimentos de dentro do sistema prisional desde julho. As informações ainda são muito escassas, mas está claro que houve uma ruptura entre o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV).

A observação é da socióloga Camila Nunes Dias, professora da Universidade Federal do ABC (UFABC), autora de "PCC: Hegemonia nas prisões e monopólio da violência".

Embora as informações sejam ainda escassas, segundo disse em entrevista à BBC Brasil, as mortes de 18 presos em Rondônia e Roraima no fim de semana indicam nessa direção. “Pelo que tenho acompanhado, a ruptura está ligada à dinâmica expansionista das facções dentro dos presídios.”

“Eles declararam guerra entre as facções. Estamos percebendo em nível nacional o rompimento desse acordo entre eles", concorda o secretário de Justiça e Cidadania de Roraima, Uziel de Castro.

Neste fim de semana, 70 presos do PCC foram transferidos de unidades prisionais controladas pelo CV para prisões controladas pela ADA (Amigos dos Amigos, segunda maior facção do Rio de Janeiro). “Isso é muito surpreendente e muda completamente o xadrez do sistema prisional do Brasil inteiro.”

O PCC está presente em todos os Estados do país. Em alguns, como São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná, ele tem hegemonia e é praticamente o único grupo criminoso a atuar. O CV, além de atuar no Rio de Janeiro, tem hegemonia em Mato Grosso e Tocantins.

No Norte e no Nordeste, há um maior equilíbrio entre PCC e CV, com ligeiro predomínio de um ou de outro. No Sul, grupos locais têm mais força, e PCC e CV se colocam como aliados ou inimigos desses grupos.


Guga Kuerten diz que cortar dinheiro do esporte das crianças é ato de desespero
Forró e festa junina no gabinete do vice-presidente da Câmara
veja +
Comissão aprova criação de creches para filhos de agentes de segurança pública
Especialistas sugerem contratação de mais aprendizes pelo poder público
Aplicativo Sine Fácil ajuda 2,7 desempregados no Distrito Federal
veja +